Artigo 1º (Organização e Visão)
a) O Prémio Nascer Positivo é organizado e oferecido pela Vozes da Mulher – Associação pelo Auto-conhecimento, Liberdade e Respeito®, no âmbito dos eventos internacionais NASCER POSITIVO.
b) A Associação Vozes da Mulher – Associação pelo Auto-conhecimento, Liberdade e Respeito® tem sede na Avenida da Boavista, N.º 1015, 2º Esq. Traseiras, Sala 201 4100-128 Porto, NIPC 515911860.
c) Os Encontros Internacionais NASCER POSITIVO são as primeiras de muitas iniciativas da Associação Vozes da Mulher em prol da defesa dos direitos da mulher em Portugal e no Mundo.
d) Este prémio visa destacar e homenagear projetos que têm como missão promover um NASCER (mais) POSITIVO.

Artigo 2º (Divulgação)
A data de abertura do concurso, a composição do júri, o regulamento do Prémio Nascer Positivo e a respetiva decisão final serão divulgados, entre outros, no site institucional do evento Nascer Positivo: www.nascerpositivo.pt

Artigo 3º (Prémio)
a) O prémio tem um valor de 500€ (quinhentos euros) e deverá ser aplicado no âmbito do projeto, conforme descrito pelo(s) candidato(os) no formulário de candidatura.
b) A Associação Vozes da Mulher compromete-se a contactar o Responsável pelo Projeto no mês seguinte ao evento, através dos contactos disponibilizados, para, em conjunto, materializar a entrega do prémio na forma de géneros, e não em dinheiro.

Artigo 4º (Critérios de Seleção)
As candidaturas têm que apresentar os seguintes requisitos:
– Enquadramento do projeto: identificação clara da(s) necessidade(s) com base num diagnóstico de situação, assim como de objetivos e metas devidamente fundamentados.
– Relevância do projeto: promoção de ganhos em saúde materno-infantil, centrados na mulher/casal e no recém-nascido.
– Estratégias de implementação do projeto: definição de estratégias para a concretização das metas propostas.
– Estratégias de avaliação do projeto: definição de métodos e indicadores de avaliação adequados aos objetivos propostos.
– Coerência do Projeto: coerência entre as necessidades identificadas, os objetivos e metas delineadas, as estratégias de implementação e os métodos de avaliação definidos, bem como os meios necessários para operacionalizar o projeto.
– Sustentabilidade do projeto: sustentabilidade técnica e financeira do projeto.

Artigo 5º (Submissão de Candidaturas)
As candidaturas devem ser submetidas on-line, através do preenchimento do formulário de candidatura disponibilizado no site www.nascerpositivo.pt, juntamente com o envio de um vídeo de divulgação de 2 (dois) minutos, para o e-mail nascer.positivo@gmail.com, dando resposta às seguintes questões:
– Em que consiste o projeto?
– Caso o seu projeto seja o vencedor, como/em que será aplicado o Prémio Nascer Positivo?

Artigo 6º (Júri e Seleção)
a) Todas as candidaturas serão analisadas pelos elementos da Comissão Científica do Nascer Positivo, de forma a garantir que cumprem os critérios de seleção.
b) Apenas serão elegíveis projetos em curso ou cuja implementação tenha início durante o ano do evento.
c) A deliberação do Júri é tomada por maioria simples, tendo o presidente do Júri voto de qualidade.
d) O Júri do concurso reserva-se o direito de não escolher nenhuma das propostas apresentadas.

Artigo 7º (Votação)
a) As candidaturas selecionadas serão colocadas a votação aberta ao grande público nas redes sociais.
b) O projeto que reúna o maior número de votos será o vencedor.
c) O resultado da votação será revelado durante o Encontro NASCER POSITIVO.

Artigo 8º (Prazos)
Os períodos de submissão, seleção e votação serão anunciados no site oficial do evento: www.nascerpositivo.pt

Artigo 9º (Informações)
Todas as informações adicionais relacionadas com o Prémio Nascer Positivo, deverão ser solicitadas por escrito a: nascer.positivo@gmail.com