Nome do Projeto
Curso de Preparação para o Nascimento no Fundão

Enquadramento do Projeto 
O Curso de Preparação para o Nascimento no Fundão, (CPNF), é um projecto da Unidade de Cuidados na Comunidade do Fundão, (UCCF), desenvolvido por uma enfermeira especialista em saúde materna e obstétrica, com a colaboração de outras enfermeiras especialistas da unidade. Terá lugar no espaço do Centro de Saúde do Fundão, (CSF), com início no ano 2020, e é dirigido a todas as mulheres grávidas/casal e famílias, utentes do CSF, que pretendam frequentar o curso, e que não apresentem risco obstétrico ou contra-indicação conhecidos para a frequência do mesmo.
 
Necessidade(s) Identificada(s)
A realização do CPNF surge da necessidade de apoiar as mulheres grávidas/casais e famílias durante a gravidez, parto e exercício da parentalidade, pela ausência de estruturas/ programas ou projectos de saúde específicos na área da saúde materna no conselho do Fundão, tanto nos serviços públicos como no privado. O Fundão é uma cidade da Beira Baixa, sede de um município com cerca de 29 213 habitantes distribuídos numa área montanhosa de 700,20 km². As mulheres grávidas de todo o concelho realizam a vigilância da sua gravidez no nosso centro de saúde e quando mostram interesse em frequentar este tipo de curso são orientadas para o concelho da Covilhã (centro de saúde ou hospital), sendo que a maior parte fica sem acesso, por falta de vagas.
 
Objectivo(s) e Meta(s)
O objectivo deste projecto é, não só, proporcionar à mulher grávida/casal e famílias um espaço próprio de aprendizagem e partilha, de apoio e de recurso a cuidados de enfermagem especializados, mas também, oferecer Informação actualizada e pertinente sobre gravidez, trabalho de parto, puerpério e cuidados ao recém-nascido; Em suma, pretende-se facilitar a transição para a parentalidade de forma mais positiva, responsável e segura. Temos como metas a atingir:
– Que pelo menos 75% das mulheres gravidas/casais e famílias do CSF frequentem o curso;
– Que o curso seja avaliado de forma positiva por pelo menos 50% das mulheres grávidas/casais e famílias que o frequentem;
– Que cada mulher grávida/casal e família consiga identificar, pelo menos, uma aprendizagem útil à sua vivência, no âmbito da sua gravidez, parto e planeamento do exercício da parentalidade;
– Que pelo menos 80% das mulheres grávidas/casais e famílias que frequentam o curso sejam capazes de identificar duvidas/dificuldades e/ou expectativas em relação à sua gravidez, parto e planeamento do exercício da parentalidade;
– Que pelo menos 80% das dúvidas/dificuldades e/ou expectativas manifestadas pelas mulheres grávidas/casais e famílias sejam abordados durante o curso;
– Reduzir em pelo menos 20% o número de mulheres grávidas\casal e família com níveis de ansiedade e medo elevados em relação ao trabalho de parto e parto;
– Que todas as mulheres grávidas\casal e família consigam autonomamente colocar em prática pelo menos uma das estratégias desenvolvidas durante o curso.
 
Estratégias de Implementação
Numa primeira fase foi elaborado um cartaz que servirá para apresentação do projecto à comunidade e construídos os instrumentos de apoio a prática considerados úteis, antes e durante a realização do curso, como, por exemplo, um manual de planeamento e guião das sessões, questionários para os participantes e panfletos informativos;
Será elaborada uma reunião com o grupo de enfermeiros e médicos do CSF para apresentação do projecto onde serão estabelecidas oficialmente as formas de referenciação/convites à participação das mulheres grávidas/casais e famílias;
Antes do início do curso todas as grávidas/casais terão acesso a uma consulta de Enfermagem de Saúde Materna pela enfermeira especialista, para registo e avaliação das expectativas e principais necessidades das famílias e avaliação do bem-estar materno-fetal.
O curso é estruturado em 11 sessões teórico-práticas (com lugar outras sessões opcionais, por disponibilidade e/ou decisão do grupo).
Finalmente será realizada a Avaliação do projecto e apresentados e divulgados os resultados obtidos.
 
Indicadores e Métodos de Avaliação
A avaliação do projecto será realizada mediante a análise dos documentos que forem sendo produzidos para efeitos de avaliação, conforme o explicitado nas estratégias de implementação. Será realizado um questionário inicial aos participantes onde serão incluídas as suas expectativas e um questionário final para avaliação do curso. Os dados contidos nos documentos serão analisados tendo em conta as metas previamente estabelecidas para este projecto. Uma vez que se acredita que deste projecto poderão advir ganhos, que pela sua natureza, serão dificilmente calculados, poderá ainda ser realizada uma avaliação qualitativa do projecto através da auscultação das mulheres gravidas\casais e famílias envolvidas, relativamente à sua satisfação, e à sua percepção sobre aquilo que foram os ganhos pessoais e as melhorias nos cuidados prestados.
 
Descrição dos Custos Previstos para a Implementação do Projeto
Os custos prendem-se essencialmente com a aquisição de material para a realização das sessões, nomeadamente:
– 12 Colchões individuais (Medidas aproximadas: 187 x 86 x 10 cm);
– 12 Almofadas em cunha (Medidas aproximadas: 62 x 50 x 25cm);
– 12 Bolas de Pilates (Tamanho M – aproximadamente 65cm);
– 12 Almofadas cilíndricas (Medidas Aproximadas: 55 x 30cm);
– 1 Modelo anatómico dos ossos da bacia feminina;
– 1 boneco modelo, para cuidados ao bebé;
– 1 banheira de bebé;
– 1 almofada de amamentação;
– 1 extractor de leite manual
– 1 extractor de leite eléctrico;
– 1 par de Discos laváveis para protecção de mamilos;
– 1 par de Discos descartáveis para protecção de mamilos;
– 1 par de Almofadas de hidrogel para protecção de mamilos;
– 1 par de conchas colectoras de leite;
– 1 par de mamilos de silicone;
– 1 par de formadores de mamilo;
– 1 biberão;
– 1 escova para biberão.
 
O valor do prémio (500€) cobre os custos previstos?
Não.
 
Se respondeu “NÃO” à questão anterior, como planeia obter o restante financiamento?
ACES Cova da Beira.
 
De que forma o projeto pretende contribuir para um NASCER POSITIVO em Portugal?
A UCCF tem como missão a prestação de cuidados de saúde comunitários que visam a obtenção de ganhos em saúde, assumindo a saúde da população da sua área geográfica como o seu principal compromisso. Através da intervenção na comunidade espera potenciar, consciencializar e responsabilizar os utentes para gerirem a sua saúde. Neste sentido o CPNF visa contribuir de forma determinante para a preparação das mulheres grávidas/casais e famílias para uma vivência mais positiva e saudável, de forma consciente e autónoma, da sua gravidez, parto e planeamento do exercício da parentalidade.
Constitui ainda um espaço privilegiado para a educação em saúde, uma vez que proporciona um meio ideal para a transmissão e partilha de informação científica actualizada e pertinente, o acesso a cuidados de enfermagem especializados na área da saúde materna e obstetrícia, estimulando ainda a participação activa das mulheres grávidas/ casais e famílias no desenvolvimento de saberes e de competências pessoais e na capacidade para a tomada de decisões relativamente ao período que estão a vivenciar.
Queremos apoiar as nossas famílias, queremos ter respostas para as suas necessidades, queremos bebés e famílias saudáveis e mais felizes.