Nome do Projeto
Água… Para um Trabalho de Parto Mais Natural
 
Enquadramento do Projeto 
O grupo alvo deste projeto serão grávidas/casal/família que recorrem à Maternidade Bissaya Barreto, em trabalho de parto e que manifestam o desejo de realizar trabalho de parto em meio hídrico. Este projeto será aplicado em contexto hospitalar na sala de partos (sala 4) da Maternidade Bissaya Barreto, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. Assim, iremos adaptar uma das nossas suites da Sala de Partos, com piscina e outros acessórios para um trabalho de parto mais natural. Será na nossa maior sala, pois é nela que arquitetonicamente teremos condições para tal resolução.
 
Necessidade(s) Identificada(s)
Como na nossa Instituição não existe ainda um espaço para as utentes usufruírem das propriedades terapêuticas da água quente em contexto de trabalho de parto, pretendemos implementar um projeto que responda cabalmente a estas solicitações que nos são feitas há já vários anos, pelas grávidas/casal. Sendo uma Maternidade de apoio perinatal diferenciado, na região centro, com mais de 3000 partos/ano e com várias centenas deste tipo de solicitações/ano achamos muito pertinente e uma GRANDE necessidade a implementação deste projecto. Precisamos de comprar piscina e acessórios, retirar armários e embelezar as 2 paredes com imagens conforme o projeto apresentado no filme, adaptar sistema sonoro para música ambiente de acordo com o enquadramento e preferências do casal.
 
Objectivo(s) e Meta(s)
Objetivos:
– Proporcionar momentos de partilha e de relaxamento à gravida/casal, através da água quente, proporcionando à grávida a imersão em água/piscina.
– Promover uma experiência de trabalho de parto diferente e única, com as mais valias cientificamente comprovadas deste tipo de trabalho de parto.
– Incentivar a prática do uso deste tipo de estratégias para o trabalho de parto, nas grávidas e nas condições em que tal é possivel
– Promover a aquisição de conhecimentos e capacidades no âmbito do uso hidrico, em trabalho de parto por parte de toda a equipa multidisciplinar
– Promover a epidural, num estadio mais adiantado de trabalho de parto ou mesmo icentivar mais o uso de imersão em água como forma de relaxamento e alivio da dor e menos ao recurso de farmacologia e epidural como formas de alívio da dor
– Adaptar o espaço, conforme descriminado no filme e assim a nossa meta será que em julho/agosto já possamos oferecer tais serviços, às muitas grávidas que nos solicitam esta modalidade de trabalho de parto
 
Metas:
– Proporcionar às grávidas que nos solicitam este tipo de estratégias, para o seu trabalho de parto superior a 80%
– Adesão das grávidas a este tipo de estratégias, para o seu trabalho de parto aproximadamente a 7% do total de partos (nesta 1ª fase de implementação)
– Alcançar uma prevalência de não necessidade de perineotomia, nos partos de utentes que recorrem ao meio hídrico, aproximadamente de 70% dos mesmos
– Aumentar a probabilidade de parto normal, parto mais positivo em 30%
 
Estratégias de Implementação
Recursos humanos: equipa multiprofissional
Recurso à sala/suite 4 da Sala de partos > equipamentos e materiais a adquirir com o valor do prémio, e ainda alguns recursos da equipa de instalações e equipamentos
Atividades planeadas:
– Divulgar a estratégia e os novos meios disponíveis à população alvo, através da comunicação social, nos cursos de preparação para o parto na zona e redes sociais (com respectiva informação do apoio recebido do prémio NASCER POSITIVO)
– Realizar sessões de formação à equipa multi profissional
– realizar partilhas dos casos de sucesso com este tipo de trabalho de parto
– Nas visitas à maternidades, que decorrem desde 1989, das utentes/casal, identificar e informar desta nova modalidade e estratégia de relaxamento para o trabalho de parto
 
Indicadores e Métodos de Avaliação
Indicadores:
– Taxa de adesão a este tipo de trabalho de parto
– Taxa de epidural – Taxa de pele a pele
– Taxa de amamentação na 1ª hora de vida
– Taxa de incidência de episiotomias
– Taxa de comparação (horas) de trabalho de parto
– Ganhos em capacidades para executar levante precoce
– Ganhos em independência precoce
 
Métodos de avaliação:
– Questionários aos casais, previamente e no terminus do parto.
– Entrevista direta entre o enfermeiro e casal
 
Descrição dos Custos Previstos para a Implementação do Projeto
Aquisição de piscina, impressão de fotos/papel parede.
 
O valor do prémio (500€) cobre os custos previstos?
Sim.
 
De que forma o projeto pretende contribuir para um NASCER POSITIVO em Portugal?
Com este projeto, pretendemos:
– oferecer a todas as interessadas e que possam, mais um serviço de excelência para um NASCER MAIS POSITIVO
– melhorar os indicadores na área da saúde da mulher/família e no parto
– responder às muitas solicitações por parte das utentes para um trabalho de parto mais natural, mais positivo, menos traumático
– dar continuidade (em hospital publico) às expetativas dos casais, criados nos cursos de preparação para o parto da zona centro (de onde são oriundas as nossas utentes) e nos cursos de preparação aquática para o parto normal.