Alexandrina Mendes
Obstetra
(Portugal)

ler mais

Alexandrina Mendes é Médica Especialista em Ginecologia e Obstetrícia e trabalha tanto em instituições públicas de saúde (Centro Hospital Póvoa do Varzim – Vila do Conde, Hospital de Faro e Hospital de Portimão) como numa instituição privada de saúde especializada em saúde integrativa da mulher (UTERUS – Saúde Integrativa da Mulher).

Acredita no potencial de cura que cada mulher tem dentro de si e defende uma prática clínica realizada em parceria com as mulheres, numa abordagem integrativa e respeitadora da tomada de decisão livre e informada.

Motivada pelo desejo de uma assistência mais abrangente e integrativa, realizou um curso de Doula e é hoje membro da Rede Portuguesa de Doulas. Destaca também como contributos formativos para a sua perspetiva integrativa de cuidar, as formações que realizou de Mindfulness para a gravidez e de Rebirthing

Andreia Antunes
Fisioterapeuta
(Portugal)

ler mais

Andreia Antunes é Fisioterapeuta, Pós-Graduada em Fisioterapia na Saúde da Mulher pela Escola Superior do Alcoitão e Pós-Graduada em Sexologia pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica. Obteve Título de Especialista em Fisioterapia em 2015 pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão e Instituto Politécnico do Porto.

Desde muito cedo que a sua prática clínica se direcionou para a Saúde da Mulher, mais especificamente para a Saúde do seu Pavimento Pélvico, sendo a sua intervenção clínica exclusiva nestas áreas. A sexualidade, a sua relação com o Pavimento Pélvico e a sua função e disfunção, são nos últimos anos a sua maior área de interesse, onde trabalha, integrada numa equipa multidisciplinar, no tratamento de Disfunções Sexuais.

Adicionalmente, colabora como formadora com diversas entidades na área do Pavimento Pélvico e Saúde da Mulher. Partilha conteúdos digitais sobre saúde pélvica na página @lets_be_pelvic_serious. Desenvolve prática privada no Porto e Lisboa.

Andreia Gonçalves
Enfermeira Especialista em Saúde
Materna e Obstétrica
(Portugal)

ler mais

Andreia Gonçalves é Community Midwife no University College of London Hospitals.
É licenciada em Enfermagem pela Escola Superior de Saúde de
Viana do Castelo e em Midwifery pela City University of London. É mestre em Metodologias de Investigação pela Surrey University e atualmente frequenta o Doutoramento em Ciências de Enfermagem do ICBAS.

Há cerca de 10 anos a trabalhar numa sociedade multicultural, aprendeu a celebrar a diferença e a liberdade de opção e a compreender que em alguns contextos o direito à escolha ainda não é uma realidade. Esta foi uma das conclusões que retirou do seu estudo de investigação “Preditores do aleitamento artificial desde o nascimento e descontinuação da amamentação”, mas principalmente da experiência de um dia-a-dia entre mulheres, a assistir, cuidar e principalmente ouvir.

Defende a promoção da fisiologia da gravidez e do parto e a redução da medicalização neste contexto, assim como a promoção de uma cultura sem medos, que empodere as mulheres. É com essa filosofia que cuida das utentes e que, no âmbito do seu doutoramento, pretende trabalhar num projeto de investigação de larga escala, que possa produzir conhecimento científico que sustente a criação de novos paradigmas de assistência na gravidez e no parto, para que esta cultura esteja disponível para todas as mulheres.

Catarina Marcelino
Ex-Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade
(Portugal)

ler mais

Catarina Parente
Facilitadora de Parentalidade Consciente, Coaching e Programação Neurolinguística
(Portugal)

ler mais

Catarina Parente é licenciada em Terapia da Fala e mestre na área Social. Desde que se lembra que adora o contacto com as pessoas, e no seu percurso pessoal e profissional tem tido a oportunidade de o fazer com pessoas e famílias que lhe têm proporcionado muitas aprendizagens e desafios.

Ao longo dos anos, sentiu necessidade de adquirir ferramentas facilitadoras/possibilitadoras para viver a vida de forma autêntica e equilibrada. Como tal, tirou as Certificações como Facilitadora de Parentalidade Consciente, Coaching, Master em Programação Neurolinguística e, recentemente, Official LASEr Trainer.

Atualmente, dedica-se a projetos profissionais relacionados com Educação/Parentalidade Consciente em contexto privado e em instituições/escolas. Realiza workshops/formações, sessões de acompanhamento/coaching individual, parental e/ou familiar. Por fim, trabalha como Assistente nas certificações internacionais de Coaching e de Practitioner em Programação Neurolinguística do Coach Pedro Vieira.

A sua principal intenção é inspirar e influenciar positivamente as pessoas e a si mesma.

Cristina Rodrigues
Deputada da Assembleia da República
(Portugal)

ler mais

Cristina Rodrigues é, desde Outubro de 2019, Deputada à Assembleia da República, eleita por Setúbal e membro das comissões parlamentares de
Agricultura e Mar e de Cultura e Comunicação. Tem trazido ao debate parlamentar, entre outros temas, os direitos das mulheres, nos quais se inclui a iniciativa para a criação de “centros de nascimento” em Portugal.

É advogada – embora tenha suspendido a inscrição na Ordem dos Advogados de forma a exercer o mandato em exclusividade -, e tem um mestrado em Ciências Jurídico-empresariais e duas pós-graduações: uma em Direito Animal e outra em Gestão de Território com especialização em Ambiente e Recursos Naturais.

Foi técnica de apoio à vítima e advogada pro-bono de associações de ativismo animal e de vítimas de violência doméstica.

Cátia Oliveira
Psicóloga Clínica e Terapeuta Sexual: UTERUS®
(Portugal)

ler mais

Cátia Oliveira licenciou-se em Psicologia na Universidade de Coimbra com um objetivo muito claro: desenvolver-se como Psicóloga Clínica cientificamente e humanamente. Tinha como desejo intervir da forma mais eficaz possível nas diferentes dificuldades psicológicas, que tantas vezes contribuem para baixos níveis de saúde e qualidade de vida.

Quando ingressou no Mestrado em Psicologia Clínica contactou pela primeira vez com a temática da Sexualidade Humana, começando aqui a desenvolver o seu caminho como investigadora. Em 2008 surge o primeiro Laboratório de Investigação em Sexualidade Humana (Sexlab) em Portugal, do qual faz parte, que tem desenvolvido diferentes estudos experimentais e clínicos na área. A par do desenvolvimento científico, tornou-se igualmente Terapeuta Sexual pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica e realizou o seu Doutoramento na área da Dor Sexual Feminina. Iniciou, por esta altura, a sua prática e formação em Mindfulness e Terapias Cognitivo-Comportamentais de 3ª Geração.

Ao longo dos anos, a sua prática clínica e respetiva investigação foi-se desenvolvendo nas diferentes vertentes da Psicologia e Sexologia Clínicas. Ao acompanhar mulheres, homens e casais, foi-se tornando claro o quanto a gravidez, o nascimento de um bebé e a parentalidade são episódios centrais e determinantes em diferentes processos biopsicossociais individuais, do casal e da família, nomeadamente na saúde mental e sexualidade.

Eluned Gold
Director of Training: Mindful Birthing and Parenting Foundation
(Reino Unido)

ler mais

Filipa Lopes
Enfermeira Especialista em Saúde
Materna e Obstétrica
(Portugal)

ler mais

Filipa Lopes é Mestre e Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica e integra a equipa multidisciplinar da Maternidade da Clínica de Santo – Lusíadas (Amadora), que tem trabalhado nos últimos anos para a promoção de parto natural e fisiológico e experiências positivas de parto. A sua tese de mestrado teve como tema “Estratégias não farmacológicas no alívio da dor da parturiente: a efetividade da hidroterapia”, e publicou em co-autoria com outros investigadores um artigo científico relacionado com esta temática.

Desde 2019, integra a Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, da Escola Superior de Enfermagem Integro, como investigadora colaboradora no grupo de investigação da área da saúde da mulher, com foco no estudo de medidas não farmacológicas para o alívio da dor em trabalho de parto.

Isabel Ferreira
Presidente da Associação Vozes da Mulher®
 Enfermeira Especialista em Saúde
Materna e Obstétrica
(Portugal)

ler mais

Isabel Ferreira é Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica e Mestre em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica. É sócia fundadora da UTERUS – Saúde Integrativa da Mulher, e mãe de 3 filhos. Está atualmente a fazer o Doutoramento em Ciências de Enfermagem, com a tese “Intervenção nas práticas dos enfermeiros especialistas na promoção do parto normal e de experiências positivas de parto”.

É Conselheira de Aleitamento Materno (OMS/UNICEF), Instrutora de Massagem Infantil (APMI), Instrutura de Preparação Aquática Pré Natal e Aclimatização dos Bebés à Água (pela Aquanatal) e Instrutora Evidence Based Birth® (pela Evidence Based Birh® Academy). Tem pós-graduação no método Anatomia e Movimiento® de Núria Vives.

Tem feito várias formações complementares pós-graduadas no âmbito da assistência à mulher no seu ciclo de vida, na assistência pré-natal e na preparação para o parto e assistência ao parto e ao recém-nascido, segundo uma perspetiva psico-neuro-endócrino-imunológica.

Com o aprofundamento dos conhecimentos durante a especialização e mestrado, surgiu a motivação extra para o início de uma procura, dentro e fora do país, por modelos de intervenção na área da saúde materna e obstétrica movidos pela evidência científica e pelos valores humanos. Frequentou e organizou vários cursos e formações para profissionais, aprendendo com enfermeiras parteiras, educadoras perinatais, obstetras, pediatras, antropólogos e outros profissionais, de Portugal e de vários cantos do mundo, na procura pelo que de melhor se faz pela saúde da mulher e do seu bebé neste período tão crucial das suas vidas.

Foi assim que se tornou também enfermeira parteira independente, desenvolvendo e aperfeiçoando competências relacionadas com o apoio e o acompanhamento do casal durante a gravidez e o parto fisiológico, dentro e fora de água, o apoio após o parto e o aconselhamento na amamentação.

Kerstin Uvnãs-Moberg
Médica e Investigadora
(Suécia)

ler mais

Kerstin Uvnäs-Moberg é médica, professora de fisiologia e investigadora, com foco nos aspectos curativos da ocitocina. Ela é especialista em saúde da mulher e fisiologia feminina e trabalha nessas áreas há mais de 30 anos.

É pioneira em pesquisas sobre a ocitocina, “a hormona do amor e do bem-estar”, e foi uma das primeiras investigadoras a apontar os efeitos comportamentais, psicológicos e fisiológicos da ocitocina durante o nascimento, a amamentação e a menopaus.

Kerstin Uvnäs-Moberg descobriu, entre outras coisas, que a ocitocina reduz a dor e a ansiedade, diminui a tensão arterial, reduz os níveis de hormonas de stress em ambos os sexos, aumenta a velocidade pela qual as feridas e outros tipos de danos físicos cicatrizam e rejuvenesce membranas mucosas atróficas. Os últimos resultados da sua pesquisa formaram a base de patentes e estudos clínicos com o objetivo de criar um medicamento farmacêutico para o alívio dos sintomas relacionados com a menopausa.

As descobertas de Kerstin Uvnäs Moberg promoveram o desenvolvimento da ocitocina sintética como medicamento elegível para aumentar a competência social em indivíduos autistas e diminuir a ansiedade, o stress e a depressão, assim como aumentar o bem-estar.

Hoje, Kerstin Uvnäs Moberg, que escreveu mais de 400 artigos científicos e vários livros sobre ocitocina (que foram traduzidos para 10 idiomas), ainda está em processo de publicação de artigos científicos, assim como está envolvida em novos projetos de livros.

Leonor Mineiro
Enfermeira Especialista em Saúde
Materna e Obstétrica 
(Portugal)

ler mais

Leonor Mineiro é licenciada em Enfermagem desde 2004, com Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia desde 2009 e Mestre em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia desde 2018. Exerce funções no Bloco de Partos e Serviço de Urgência Obstétrica e Ginecológica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, desde o início da sua carreira profissional, inicialmente como Enfermeira de Cuidados Gerais e a partir de 2009 com Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica.

Tem pautado o seu percurso profissional pelo desenvolvimento e aprofundamento de conhecimentos e competências cada vez mais diferenciadas, através da formação contínua, da experiência e da prática reflexiva. Destacam-se várias formações profissionais na sua área de especialização com formadores internacionais como Denis Walsh, Mauricio Kruchik, Núria Vives, Anna Maria Rossetti, Barbara Harper, Jennifer Walker, Janet Balaskas e Kerstin Uvnas Moberg.

Tem participado como autora e co-autora de comunicações livres e posters em várias reuniões científicas.
Integra o projeto piloto Parto Verticalizado, no Hospital Garcia de Orta, iniciado em 2012, sendo também formadora dessa temática.

Colabora desde 2019 com a Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, integrando o grupo de investigação alusivo às Lesões Músculo Esqueléticas Ligadas ao Trabalho e a sua relação com a atividade dos Enfermeiros Especialistas em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica, decorrente do trabalho desenvolvido na sua tese de mestrado intitulada “Prevenção de Lesões Músculo Esqueléticas no Enfermeiro Especialista durante o parto em posições verticais”. É co-autora em artigos científicos relacionados com essa temática.

Linda Kimber
Midwife: Childbirth Essentials®
(Reino Unido)

ler mais

Linda Kimber é a diretora do Childbirth Essentials®.
Formou-se como Midwife em 1974 e trabalhou como Community Midwife por 18 anos, promovendo o parto fisológico. No final dos anos 80, Linda formou-se em massagem, aromaterapia e reflexologia e começou a usar técnicas de massagem na sua prática clínica.

Em meados dos anos 90, começou a desenvolver um modo estruturado de utilização de técnicas de massagem para apoiar mulheres, bebés e companheiros durante o período pré-natal e intra-parto e foi desde então que o programa começou a emergir. Continuou a crescer após o feedback valioso dos casais envolvidos. O LK Massage Programme® foi por fim sustentado pela ciência, após o encontro de Linda com Mary McNabb, em 2001.

Em 2003, trabalhou como Research Midwife e concluiu um estudo de viabilidade em parceria com Mary McNabb, Anne Haines e Christine McCourt, com apoio da Unidade Nacional de Epidemiologia Perinatal. O estudo utilizou o LK Massage Programme® e explorou o valor da massagem na redução da necessidade de analgesia farmacológica durante o trabalho de parto. Durante o estudo de viabilidade, Linda desenvolveu outras técnicas de massagem e introduziu outros elementos. Após o estudo de viabilidade, foi realizado um estudo clínico randomizado.

Desde 2009, Linda partilha as informações baseadas em evidência que foi recolhendo ao longo destes anos de pesquisa e integra-a com os elementos práticos do programa para midwifes no Reino Unido, em Hong Kong e, mais recentemente, em Taiwan e na China, trabalhando em estreita colaboração com Mary McNabb, como consultora científica.

Marta Antonelli
Investigadora CONICET
(Argentina)

ler mais

Marta C. Antonelli é formada em Bioquímica e Doutorada (PhD) em Neuroquímica pela Universidade de Buenos Aires, Argentina. Depois de realizar o doutoramento, mudou-se para Seattle, EUA, para realizar o pós-doutoramento no Veterans Administration Medical Center da Universidade de Washington.

De volta a Buenos Aires, é atualmente chefe do Laboratório de Programação Perinatal de Neurodesenvolvimento da Faculdade de Medicina da Universidade de Buenos Aires e ocupa o cargo de Investigadora Principal do CONICET (Conselho Nacional de Pesquisa da Argentina).

Foi Presidente da Sociedade de Neurotoxicidade e atualmente é Vice-Presidente da Sociedade Argentina de Neurociência.

Por mais de 30 anos centrou os seus estudos na regulação da neurotransmissão dopaminérgica em roedores e, mais recentemente, no resultado da prole de um modelo de stress pré-natal em ratos.

Foi recentemente premiada com o Hans Fischer Senior Fellow award (do Instituto de Estudos Avançados, TUM, Munique, Alemanha) por investigar a viabilidade para identificar biomarcadores pré-natais e pré-natais não invasivos relacionados com a programação cerebral face à exposição ao stress intra-uterino. Uma combinação de medidas fisiológicas não invasivas do sistema de resposta ao stress que estão inequivocamente ligadas ao stress pré-natal pode ser utilizada como um biomarcador preditivo do resultado do desenvolvimento neurológico da criança, ajudando a detectar “crianças em risco” o mais cedo possível, a fim de tomar a decisão para integração dessas crianças em programas de estimulação precoce, sempre que não seja possível tomar medidas de prevenção em tempo útil.

Marta Antonelli é autora e co-autora de mais de 70 artigos e capítulos de livros em publicações internacionais revistas por pares e foi o Editor Convidado da Série Avanços em Neurobiologia com o título: “Programação Perinatal de Neurodesenvolvimento”.


Marta Lima
Antropóloga, Hipnoterapeuta e Doula
(Portugal)

ler mais

Marta Lima é hipnoterapeuta transpessoal, instrutora de hipnonascimento, doula, conselheira de aleitamento materno e fundadora do projecto Nascimento Consciente em 2011 (https://nascimentoconsciente.wordpress.com/).

Com uma licenciatura em Antropologia, por altura da gestação da sua segunda filha, em 2007, surpreendeu-se com a forma como mulheres e bebés estavam a ser tratados pela cultura biomédica excessivamente intervencionista e decidiu procurar uma forma consciente e gentil de receber a sua bebé neste mundo. Ao perceber o poder transformador do nascimento para uma mulher e as implicações que este tem na vida futura do bebé, fez várias formações que lhe permitem hoje acompanhar os pais na sua própria viagem de parentalidade, em que aprendem a transformar os medos e a fazerem escolhas conscientes.

Utilizando a hipnoterapia, guia também pessoas no seu novo nascimento, ao encontro da sua verdadeira essência, transformando tudo o que já não lhes serve.

Mary McNabb
Midwife
(Holanda)

ler mais

Mary McNabb é midwife desde 1972, tendo trabalhado na área durante 10 anos, em Londres, antes de se tornar professora universitária. Durante esse período, colaborou com midwives para estudar os efeitos do exercício regular e da forma física da mulher no crescimento fetal e na progressão do trabalho de parto e o parto.

O interesse pela investigação nesta área foi aprofundado pelo mestrado Science of Physiology da Universidade de Londres, em 1992, assim como pela preparação realizada quando escreveu os capítulos sobre biologia reprodutiva das últimas quatro edições da Mayes’ Midwifery.

De 1990 a 2006, trabalhou como Senior Lecturer na London South Bank University e ocasionalmente, até 2011, na St George’s & Kingston University. Em South Bank, obteve financiamento para estudar sobre a promoção da vinculação materno-infantil e pesquisar possíveis efeitos analgésicos, ansiolíticos, relacionais e metabólicos da ocitocina endógena.
O interesse pela ocitocina prolongou-se nas pesquisas com Linda Kimber e colegas da National Perinatal Epidemiology Unit Oxford, onde testaram os efeitos analgésicos e ansiolíticos da primeira fase do LK Massage Programme®.

A colaboração com Linda Kimber continuou e o programa evoluiu, com novas evidências científicas e o feedback de midwives de Hong Kong, Taiwan e China, onde Linda Kimber ensina o LK Massage Programme® todos os anos, desde 2009. Desde então, as midwives treinadas têm implementado o LK Massage Programme® e instruído casais a praticarem exercícios de massagem, respiração e visualização, desde o final da gravidez e durante trabalho de parto e o nascimento. A intervenção foi eficaz na promoção de um aumento de trabalhos de parto com início espontâneo e diminuiu a exposição a analgesia farmacológica e a ocitocina sintética. Essas experiências positivas de nascimento trouxeram prazer e alegria aos pais e às midwives.

Mary McNabb teve um papel determinante na fundamentação científica do LK Massage Programme®, com pesquisas relacionadas com a fisiologia circadiana materna e as adaptações neuronais, neuroendócrinas e emocionais, das 30 às 36 semanas de gestação, até o início da sucção-lactação, trabalhando como consultora científica para Childbirth Essentials® (https://www.childbirthessentials.co.uk/en/)

Nancy Bardacke
Midwife: Mindfulness-Based Childbirth and Parenting Program® (Estados Unidos da America)

ler mais

Nancy Bardacke é midwife, professora de mindfulness e diretora fundadora do Programa Mindfulness-Based Childbirth and Parenting (MBCP). Tem assistido famílias durante os seus partos/nascimento desde 1971. Pratica meditação há muitos anos e começou o seu treino profissional em Mindfulness-Based Stress Reductions (MBSR) com o Jon Kabat-Zinn (PhD), em 1994. Depois de lecionar MBSR por vários anos, Nancy começou a adaptar o programa para atender às necessidades de mulheres grávidas e seus acompanhantes, criando o programa MBCP. Nancy ensinou MBCP para mais de 1.500 pais grávidas e treinou centenas de professores MBCP em seis continentes.

Nancy foi professora assistente na Escola de Enfermagem da University of California San Francisco (UCSF) e atuou como diretora do programa MBCP no Osher Center for Integrative Medicine da UCSF até se aposentar, em 2017. Nancy e a sua colega, Larissa Duncan (PhD), Diretora do Centro de Bem-Estar da Criança e da Família, da Escola de Ecologia Humana da Universidade de Wisconsin-Madison, desenvolveram um programa de pesquisa robusto para estudar o impacto do mindfulness na redução do estresse e da ansiedade durante a gravidez, da dor durante o parto e da promoção da relação pais-bebé após o nascimento. Nancy tem colaborado ao nível nacional e internacional com Formadores de Cursos de Formação de Instrutores MBCP, bem como investigadores que estudam o impacto do programa MBCP nas grávidas e nos seus bebés.

O livro premiado de Nancy, Mindful Birthing: Training the Mind, Body and Heart for Childbirth and Beyond, foi publicado em julho de 2012 pela HarperOne e foi traduzido para holandês, alemão, francês, turco, romeno e chinês.

Núria Vives
Pedagoga: Períneo,
Integração e Movimento®
(Espanha)

ler mais

Núria Vives é licenciada em Pedagogia pela Universidade Autónoma de Barcelona e pela Universidade de la Sorbonne de Paris. É terapeuta Psicomotora pela Universidade Central de Barcelona. Núria é também membro do Sensory Awareness (Consciência Sensorial de Charlotte Selver) Leaders Guild.

Estuda e colabora com Blandine Calais-Germain há já trinta e cinco anos, com quem escreveu o livro “Parir en Movimiento”. Cuarta edición (2009 Ed.Liebre de Marzo).

Participa, desde 2007, na implementação dos novos protocolos de “Estrategia de Atención al Parto Normal” pelo Ministério da Saúde e nas diferentes comunidades e hospitais do estado espanhol.

Criou o Ciclo Parir en Movimiento: Anatomía Funcional del Parto Fisiológico e ensina-o em formações para parteiras, fisioterapeutas e outros profissionais que acompanham a mulher, na Europa e noutros continentes. Criou também as formações profissionais “Períneo, Integração e Movimento®” e “Parto e Movimento®”.

Patrícia Lemos
 Educadora para a Saúde Menstrual e Fertilidade, Círculo Perfeito®
(Portugal)

ler mais

Patrícia Lemos é educadora para a saúde menstrual e fertilidade, instrutora credenciada de Natural Family Planning (UK) e mestre em Sociedade, Risco e Saúde.

É certificada em Fertile Body Method, no acompanhamento de procriação medicamente assistida, Hipnose de parto e Educação menstrual para meninas.

Formadora e ativista, em 2010 fundou o Círculo Perfeito® – Anos Férteis – um projeto pioneiro em Portugal para a educação menstrual, manutenção de fertilidade e literacia de corpo.

Membro da Society for Menstrual Cycle Research e da International Association for Premenstrual Disorders, é autora dos livros Não é só sangue – uma conversa sobre o ciclo menstrual (Portugal, 2021),  Período – Um Guia para Descomplicar (Portugal, 2020) e “The Goddess in You” (Reino Unido, 2017).

Ramón Escuriet
Matron
(Espanha)

ler mais

Ramón Escuriet é atualmente Comissário de Saúde para Saúde Sexual e Reprodutiva, no Serviço de Saúde da Catalunha.

Foi coordenador do Programa de Assistência ao Parto Normal do Ministério da Saúde da Catalunha de 2008 a 2017.

É Professor da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Blanquerna-Universidade Ramon Llull e colaborador do Centro de Pesquisa em Economia e Saúde (CRES).

É Presidente da Comissão Nacional de Matronas, de Espanha, e membro do conselho da Comissão Nacional de Especialidades em Saúde do Ministério da Saúde, Assuntos Sociais e Igualdade, em Espanha, diretor do programa de treino em obstetrícia na Catalunha e o principal investigador do MidconBirth Study (ISRCTN17833269), que envolve 45 hospitais na Espanha e na República da Irlanda.

Tem participado em diversos projetos de pesquisa internacional sobre cuidados e práticas intraparto e saúde mental perinatal (CostAction 907, CostAction 405 e CostAction 18381 e CostAction 18381 e QUALI-DEC H2020). O seu interesse de pesquisa está focado na organização de serviços de saúde e nos direitos à saúde reprodutiva.

Sara Albuquerque
Psicóloga Clínica
(Portugal)

ler mais

Sara Albuquerque é doutorada pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra em Psicologia Clínica.

Tem publicado diversos artigos em revistas científicas e capítulos de livros centrados no ajustamento individual e conjugal de pais que perderam filhos, mais concretamente nos processos de luto, trauma, coping diádico, crescimento pós-traumático e processos de manutenção do vínculo.

Está em processo de conclusão do curso Pós-graduado de Terapeutas do Luto (SPEIL – Sociedade Portuguesa de Estudos e Investigação no Luto) e é formada em Intervenção em Crise e Trauma pela International Critical Incident Stress Foundation (intervenção em crise individual e apoio de pares, e intervenção em crise em grupo).

É atualmente Psicóloga Clínica na Consulta do Luto no Centro de Desenvolvimento PIN em Lisboa, cuja ação é essencialmente focada na avaliação e intervenção com crianças, adolescentes e adultos no processo de luto, na doença crónica e em situações de divórcio. Dinamiza diversos workshops sobre luto e regulação emocional e colabora anualmente no módulo de Luto e Família do Mestrado Integrado de Psicologia da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.

Sara do Vale
Presidente da Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto® (Portugal)

ler mais

Sara do Vale é presidente e sócia fundadora da Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto. Juntamente com uma equipa multidisciplinar de voluntários, trabalha todos os dias para que os direitos humanos na gravidez e no parto sejam uma realidade em Portugal.

Formou-se Doula em Inglaterra pela Organização Nurturing Birth e tem acompanhado mulheres durante o seu trabalho de parto e parto nos mais variados contextos, escolhas, vontades e quadros clínicos.

Tem dois filhos e caracteriza a sua primeira experiência de parto, em contexto hospitalar, como ´muito difícil´: “senti-me totalmente à mercê do que me estavam a fazer”. A segunda experiência de parto, também hospitalar, caracteriza-a como ´maravilhosa, respeitada e empoderadora´. Acredita que as mulheres merecem ser protagonistas da sua própria experiência de gravidez e parto, que há profissionais excelentes a fazer muito nesse sentido, mas que há ainda muito a melhorar, em Portugal e no Mundo.

Saritta Nápoles
Obstetra
(Portugal)

ler mais

Saritta Nápoles é médica obstetra, licenciada em Medicina pela Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil e pós-graduada em Ginecologia e Obstetrícia (G/O) pelo Hospital Universitário Cassiano António de Moraes, com o título de Especialista em ginecologia e obstetrícia pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.

Em 1982 mudou-se para Portugal, onde realizou o Internato Complementar de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital de Famalicão.

Tem frequentado várias formações complementares pós-graduadas no âmbito da assistência à mulher, na assistência pré-natal e na preparação para o parto e assistência ao parto.

Em 2016, decidiu colocar em perspetiva o conhecimento que trazia da sua formação inicial e investir naquilo que sempre acreditou: na força e no poder da mulher.

Tem vindo a implementar mudanças de paradigma assistencial no Centro Hospitalar do Médio Ave, onde ainda hoje trabalha.

É criadora e dinamizadora do Programa GravidAtiva, que incentiva a prática de atividade física na gravidez.

Em 2020 lançou o seu mais recente projeto:
www.planodeparto.pt, um website interativo que visa promover a tomada de decisão informada da mulher e facilitar a comunicação das suas expectativas e desejos, através da realização de um plano de parto.

Sílvia Rodrigues
Enfermeira Especialista em Saúde
Materna e Obstétrica
(Portugal)

ler mais

Sílvia Rodrigues é Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica. Tem pós-graduação em Gestão da Qualidade e Auditoria em Saúde.

É mestre em Educação com Especialização em Educação para a Saúde e Doutora em Estudos da Criança com Especialização em Saúde Infantil.

Sílvia é também revisora da revista Ciencia y Enfermería e está atualmente a frequentar o doutoramento em Ciências de Enfermagem.


Susanne Houd
Midwife
(Dinamarca)

ler mais

Susanne Houd é Midwife e Psicoterapeuta certificada, Mestre em Saúde Pública, com vasta experiência de trabalho em países ocidentais e em países em desenvolvimento.
Trabalhou como consultora da OMS, focando-se na análise de tecnologias apropriadas para a gravidez e o nascimento.

Participou da implementação do primeiro programa de Obstetrícia no Canadá, além de ter sido diretora do programa de Obstetrícia em Copenhaga, na Dinamarca. Trabalhou também em áreas muito remotas no norte do Canadá e de 2004 a 2016 na costa isolada do leste da Gronelândia, como a única midwife certificada.

Tem uma vasta experiência clínica de acompanhamento de trabalho de parto e parto, tanto no contexto hospitalar como no contexto domiciliar.

Susanne trabalha atualmente em estreita colaboração com o MIPA (Movimento Internacional Parto Ativo), em Itália, ministrando cursos para Midwifes, EESMO e outros profissionais de saúde. Desde 2015, é consultora clínica sénior da organização Maternity Foundation, com foco na Etiópia.

Publicou vários artigos e livros, sendo o mais recente: “Emergenze nel parto. Riconoscerle e gestirle in team” (2013) e atualmente está a trabalhar num projeto de investigação intitulado “Giving birth in arctic rural East Greenland”.


COMISSÃO CIENTÍFICA

Emília Coutinho
Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica e Professora Doutora na ESSV
(Portugal)

ler mais

Emília de Carvalho Coutinho, é professora no Politécnico de Viseu, doutorada em Ciências de Enfermagem pela Universidade do Porto, em 2014.

É membro ativo do Projeto MEioS (Mediação Intercultural e Outcomes em Saúde), que envolve um trabalho multi-institucional entre a ESSS-IPSantarém, a ESSViseu-IPV, o ISCTE-CRIA-IUL, a CEMRI/UAb-Lisboa, a ESTSL-IPL e o Alto Comissariado para as Migrações I.P., entre outras.
Integra redes de extensão à comunidade,  por parceria institucional com o Alto Comissariado para as Migrações: Rede de Ensino Superior em Mediação Intercultural; Programa Mentores para Migrantes, e Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM) – Politécnico Viseu.

O foco principal do seu estudo e publicações científicas é a área da interculturalidade, competência cultural, migrações e inclusão, desenvolvendo ativamente investigação e trabalho nestas áreas.

Atualmente é também Encarregada de Missão para a Inclusão no IPV, membro do SPECULA (observatório da Violência e Género de Viseu) e faz formação de sensibilização e capacitação nestas áreas.

Joana Faria
Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica na UTERUS
(Portugal)

ler mais

Joana Faria é Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstetrícia. Mãe de 2 meninos, cujos nascimentos foram, por diferentes razões, experiências absolutamente transformadoras.

Trabalha no serviço de Obstetrícia do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/ Espinho, desde 2009, e colabora com a UTERUS – Saúde Integrativa da Mulher e a Razão D’Ser, desde 2013, no acompanhamento de casais durante a gravidez, parto (incluindo parto na água) e pós-parto.

Tem vindo a complementar os seus conhecimentos e competências técnicas e científicas, com profissionais de renome internacional, dos quais se destacam Núria Vives, Anna Maria Rossetti e Barbara Harper (Waterbirth International®).

Faz parte da Comissão Organizadora e Científica do “Encontro Internacional de Novos Paradigmas no Nascimento – Nascer Positivo®” desde a sua primeira edição.

Acredita que a gravidez e o parto são, quase sempre, eventos naturais e fisiológicos, que evocam a força e o poder da mulher e da família e que, por isso, devem ser respeitados em toda a sua essência.

Paula Clara Santos
Fisioterapeuta e Professora Doutora na ESS
(Portugal)

ler mais

Paula Clara Santos é Fisioterapeuta, Doutorada (PhD) em Atividade Física e Saúde, pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (UP) e tem Mestrado em Saúde Publica, pela Faculdade de Medicina da UP.

Atualmente trabalha como Professora adjunta na Escola Superior de Saúde (ESS) do Politécnico do Porto (PP), leciona na licenciatura, Mestrado e Doutoramento em Fisioterapia.

É membro do Centro de Investigação em Atividade Física, Saúde e Lazer (CIAFEL) da UP, colaboradora do Centro de Investigação e Reabilitação (CIR) do PP e membro do Grupo de Interesse da Saúde da Mulher da Associação Portuguesa de Fisioterapeutas.

É autora de vários artigos na área da Saúde da Mulher em revistas científicas indexadas, bem como de capítulos de livros. Orientou diversos projetos de licenciatura e mestrado na área da Promoção da Saúde e na Saúde da Mulher.

Rui Carrapato
Pediatra e Professor Doutor na UFP
(Portugal)

ler mais

Manuel Rui Carrapato é Doutorado em Pediatria, membro do Royal College of Physicians e Professor de Pediatria na Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa. É igualmente Coordenador Cientifico e de Formação do Hospital Escola da Universidade Fernando Pessoa.

É Professor Visitante da Dubrovnik International University e Medical School University of Rijeka,Croatia, bem como da University of Medicine and Pharmacy V Babes, Timisoara, Romania.

Foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Neonatologia entre 1994 e 1996 e do Núcleo de Perinatologia do Norte entre 1996 e 2002.

Presidiu a European Association of Perinatal Medicine entre 1998 e 2002 e a World Association of Perinatal Medicine entre 2005 e 2007. É membro da International Academy of Perinatal Medicine desde 2005.

É membro honorário da Romaniae Society of Perinatal Medicine, da Polish Society of Perinatal Medicine, da European Association of Perinatal Medicine, da Sociedad Española de Neonatologia, da Russian Association of Perinatal Medicine e da Association of Perinatal Medicine of Republic of Moldova.

Em 2012 recebeu o título de Doctor Honoris Causa pela University of Medicine and Pharmacy V Babes Timisoara, Romania. Foi também premiado pela William Liley Medal, Fetus as a Patient Society em 2011 e, dois anos mais tarde, é-lhe atribuído o Erich Saling Prize pela World Association of Perinatal Medicine.

No seu contributo para a investigação incluem-se 54 publicações e 284 participações em palestras nacionais ou internacionais.